Em 2 anos, número de equipes financiadas com recursos federais mais que dobrou.

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), celebra o Dia do Dentista, comemorado na segunda-feira (25), com investimentos na saúde bucal. Entre os avanços, podemos citar o aumento do recebimento e aplicação de recursos em todo o município.

Em apenas 2 anos, o número de equipes de saúde bucal financiadas com recursos do Governo Federal mais que dobrou. Atualmente, são mais de R$88 mil reais investidos através do Ministério da Saúde.

Em 2019, eram apenas 12 equipes, compostas pelo odontólogo e o técnico em saúde bucal, credenciadas para o recebimento do custeio mensal. Já este ano, 28 das 33 equipes em atividade no município são remuneradas através das verbas recebidas.

Esta ampliação ajuda nos investimentos e custeios dos serviços de promoção, prevenção e restabelecimento da saúde bucal, a nível da atenção básica, que constitui a principal porta de acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS) em Santarém.

Dentro deste plano estratégico de atuação, que prioriza o aumento da arrecadação de recursos federais para serem investidos na saúde bucal da população santarena, o objetivo é equilibrar a participação dos entes envolvidos, de acordo com capacidade e autonomia de cada um, priorizando uma ação focada no desenvolvimento dos projetos habilitatórios junto ao Ministério da Saúde, e para isso, a meta é que obter 100% das equipes de saúde bucal do município recebendo o financiamento do governo federal.

O aumento da cobertura de serviços da Atenção Primária à Saúde (APS) nos municípios é uma meta prevista no Plano Municipal ou Distrital de Saúde e também uma das intenções inscritas na Programação Anual de Saúde, aprovada pelos conselhos municipais e do Distrito Federal. Com base nessas referências, gestores municipais e distrital precisam estar atentos às necessidades de saúde da população na hora de decidir sobre equipes de saúde ou implementação de serviços da APS.

“Um avanço muito significativo da gestão atual, antes de 2019 não recebíamos esse custeio e o serviço dependia em quase sua totalidade do recurso do tesouro municipal para sua manutenção e continuidade. Neste sentido, estamos avançando, pois ampliar a captação de recursos é um verdadeiro desafio para todos prefeitos e secretários de saúde do Brasil, haja vista a complexidade e burocracia impostas pela legislação atual. Essa é uma conquista em conjunto, visando o fortalecimento e melhora da assistência oferecida ao usuário do SUS, mediante uma gestão municipal compromissada com os resultados e avanços na saúde, ressalta Jeymenson Coelho, coordenador do programa de Saúde Bucal da Semsa.

Dia do Dentista.
A data homenageia o profissional responsável pela saúde dos dentes e que, entre outras coisas, tem como função combater doenças, fazer remoções, restaurações, cirurgias e limpezas dentárias.

Por tudo isso, em 25 de outubro também é celebrado o Dia Nacional da Saúde Bucal, dia que recorda a criação do curso de Odontologia no país, através do Decreto nº 9.311, de 25 de outubro de 1884, o qual criou os primeiros cursos de graduação em Odontologia no Brasil, nos estados da Bahia e Rio de Janeiro.

Fonte: Site da PMS
Foto: Divulgação

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *