Técnico do Tapajós falou sobre o duelo que resultou na primeira vitória da equipe na competição. Na 4ª rodada o Boto enfrenta o Clube do Remo

Técnico Robson Mello avaliou vitória do Tapajós na terceira rodada do Parazão — Foto: Sonora Comunicação
Técnico Robson Mello avaliou vitória do Tapajós na terceira rodada do Parazão — Foto: Sonora Comunicação

O técnico do Tapajós, Robson Mello, avaliou a vitória da equipe contra o Castanhal, a primeira na competição. Para o treinador, o jogo teve a identidade do Campeonato Paraense e foi um jogo equilibrado, consistente e muito difícil.

– Nunca foi fácil para o Mister e nem para este grupo, mas Deus abençoou a gente com uma grande vitória diante de um adversário muito qualificado. Foi um jogo jogado, com a cara do Campeonato Paraense. Não foi diferente com o Independente e não vai ser diferente com o Clube do Remo e o grupo entendeu o que é o campeonato paraense – continuou o treinador do Boto.

O treinador contou que apesar das dificuldades e mesmo jogando com um a menos, o Tapajós conseguiu alcançar o objetivo que era sair com a vitória. Mas apesar do resultado positivo, Robson contou que a equipe já deve retornar aos trabalhos para o próximo duelo que será contra o Clube do Remo.

– O grupo está de parabéns e a gente segue trabalhando, o objetivo do jogo foi alcançado que era a vitória, mas nada está ganho. Vamos descansar e amanhã já vamos iniciar os trabalhos para enfrentar o Clube do Remo – disse Robson Mello.

Tapajós venceu o Castanhal por 1 a 0 pela terceira rodada do Parazão 2022 — Foto: Sonora Comunicação
Tapajós venceu o Castanhal por 1 a 0 pela terceira rodada do Parazão 2022 — Foto: Sonora Comunicação

Ainda de acordo com Robson, a equipe poderia ter saído com um resultado ainda melhor da partida, mas a tendência é que o Boto evolua ainda mais na competição.

– Queremos evoluir na competição, estar jogando e se entrosando. Ficamos com menos um, boa parte do segundo tempo e até criamos algumas situações que poderíamos ter tido melhor aproveitamento, mas o mais importante hoje é a vitória, jogar feio ou bonito era o que menos interessava – completou Robson Mello.

Fonte: ge — Santarém, PA.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.