Dados são do Ministério da Saúde. As duas doses e o reforço evitam casos graves e hospitalizações pela doença.

Dados alimentados no sistema do Ministério da Saúde indicam que aproximadamente 5 mil pessoas de Almeirim, no oeste do Pará, ainda não receberam a segunda dose da vacina contra Covid-19. No mesmo município, cerca de 8 mil pessoas que podem receber o imunizante ainda não procuraram os postos. Almeirim tem mais de 10 mil doses disponíveis das vacinas.

á em Porto de Moz, também no Pará, cerca de 60% da população não recebeu nenhuma dose da vacina. Cerca de 5 mil pessoas ainda precisam tomar a segunda dose, conforme dados do Ministério da Saúde.

A maioria dos casos graves e hospitalizações ocorre entre pessoas não vacinadas ou com esquema vacinal incompleto.

“Agora nós enfrentamos um novo desafio, a variante ômicron. Nós já temos notícias de outros países onde essa variante se tornou  prevalente em que há um número realmente grande de casos, mas o sistema de saúde não tem sido tão pressionado sobretudo naquelas populações que estão fortemente vacinadas. O Brasil tem ainda alguns estados em que a vacinação não chegou aos níveis desejados”, ressaltou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

A secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, Rosana Leite de Melo, explica que para controlar a pandemia, é necessário ter um alto número de pessoas vacinadas. “Nós acreditávamos que uma cobertura vacinal acima de 70%, 75% ela deixaria uma nação tranquila. Hoje, nós já sabemos que a Covid não é bem assim. As coberturas vacinais, elas tem que estar acima de 90% quiçá 95%”. 

Para ampliar a cobertura vacinal da população contra a Covid-19, na maior parte dos municípios brasileiros, crianças acima de 5 anos já podem ser vacinadas. Para os demais públicos, há imunizantes disponíveis tanto para a segunda dose quanto para a dose de reforço.

E para se aumentar a proteção, é preciso seguir os protocolos de segurança, como manter uma distância segura de outras pessoas, lavar as mãos com água e sabão e manter os ambientes ventilados.

Fonte: g1 Santarém e Região – PA.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.