Na 1ª sessão do quarto ano desta Legislação, os deputados apenas usaram a tribuna de honra do plenário Newton Miranda, por determinação regimental, para fazerem discursos ressaltando a significação da importância política deste período, por ser um ano eleitoral, e para apresentar requerimentos, moções e Projetos de Lei. A partir da 2ª Sessão Legislativa, na próxima terça-feira (15), os parlamentares retomam a votação de projetos.

O deputado Chicão (MDB), presidente do Poder Legislativo, convocou a próxima sessão e comunicou sua intenção de reunir com os líderes de bancadas partidárias e dos demais parlamentares para definir o calendário legislativo deste ano, considerando fatores conjunturais e sanitários, como a situação da Pandemia, com a nova variante; o calendário e a situação eleitoral; a realização do carnaval e, ainda, a conveniência para a continuação deste ano do processo de interiorização do parlamento, aos moldes do que foi realizado durante o ano de 2021. “Calendário este que será submetido a votação em plenário”, fundamentou o deputado.

“A Assembleia não vai fazer sessões semi-presenciais ou “on-line” este ano”, definiu o presidente. Para ele a discussão com os demais parlamentares será para discutir sobre a manutenção da reunião plenária as terças, resolução baixada devido à Pandemia, sem limite de horário ou o retorno para duas sessões ordinárias na semana. Garantiu, no entanto, que o cronograma geral de trabalho no Poder Legislativo não vai mudar.

08/02/2022 16h18 – Atualizada em 08/02/2022 16h26

Por Carlos Boução – AID – Comunicação Social

Fonte: Com informações do site da Alepa.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.