Durante 10 dias, a embarcação deve percorrer comunidades do Tapajós

A Unidade de Saúde da Família Fluvial Abaré I iniciou nesta terça-feira (8), as visitas às comunidades da região de rios. Durante 10 dias, a embarcação deve percorrer comunidades do Tapajós, levando atendimento de saúde aos moradores. A missão iniciou contemplando moradores da comunidade Vila Franca. Até o dia 17 de fevereiro, aproximadamente 40 comunidades serão beneficiadas. Esta é a primeira viagem da embarcação no ano de 2022.

Ao todo, a unidade conta com 19 profissionais dentre médicos, enfermeiros e técnicos, cedidos pela Semsa. Além da equipe de saúde, a unidade conta com seis tripulantes: piloto, maquinista, 3 marinheiros e 1 cozinheira.

O Abaré I disponibiliza para as comunidades ribeirinhas consultas médicas, de enfermagem e odontológica, testes rápidos, coleta de PCCU, vacinas de rotina, contra a influenza e contra a covid-19. Os atendimentos ocorrem após triagem feita pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) que identificam e orientam os pacientes das comunidades visitadas a irem até a unidade.

Parceiros da missão

As viagens do Abaré são fruto de uma iniciativa que envolve a parceria com a Ufopa por meio de uma gestão compartilhada. O Instituto de Saúde Coletiva (ISCO) disponibiliza 4 alunos da residência multiprofissional de saúde da família com o objetivo de contribuírem com os atendimentos realizados durante a expedição. Profissionais da Santa Casa de São Paulo e da Organização Não Governamental Zoé também apoiam a missão.

Fonte: Agência Santarém.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.