Cerca de 61 famílias vão receber água tratada nas residências

Construção do Sistema de abastecimento de água da Comunidade Terra Preta dos Vianas entra em fase de conclusão
Autor: Ascom Semap.

A construção do sistema de Abastecimento de água da Comunidade Terra Preta dos Vianas, localizada no Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Lago Grande, está em fase de conclusão. Cerca de 61 famílias vão receber água tratada nas residências, através do Projeto Cisternas, do Governo Federal. 

Nesta sexta-feira (25), o secretário de Agricultura e Pesca, Bruno Costa, esteve ‘in loco’ acompanhado do técnico da pasta, Antônio Amaral, para inspecionar o término da obra.

Na ocasião, foram conferidos todos os detalhes dos trabalhos que já atingem 98% de execução. 

Legenda da foto: O secretário Bruno Costa e técnico Antônio Amaral estiveram na comunidade.

“Nos sentimos felizes em dar continuidade ao projeto que é levar abastecimento de água para as comunidades mais distantes da zona urbana. São avanços que temos conseguido por meio de recursos próprios e parcerias, como é esse caso, com o propósito de melhorar a qualidade de vida das famílias da comunidade”, contou Costa. 

Em Terra Preta, a ação é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria de Agricultura e Pesca (Semap) e o Projeto Saúde e Alegria (PSA) que é a gestora do empreendimento, além da empresa Sociedade, Meio Ambiente, Educação, Cidadania e Direitos Humanos (Somecdh) executora dos serviços. 

Legenda da foto: A água tratada vai chegar a casa de mais de 61 mil famílias  
 

Com a parceria a Prefeitura ficou responsável pela logística, assim como a instalação da fiação elétrica e a perfuração de um poço tubular profundo de 120 metros de 4 polegadas no valor de R$ 68. 663,62 que viabilizou a obra. 

Descrição do projeto

No centro da comunidade, onde há maior concentração de casas, a tecnologia implantada será a número 15, na qual consiste em: um microssistema com reservatório elevado; rede de distribuição nas ruas; captação de água de chuva nas casas; elevado e uma caixa de mil litros para cada residência.

As famílias que moram em locais mais afastados e de difícil acesso, serão beneficiadas com a tecnologia número 8, que consiste: captação de água de chuva; um elevado com caixa de mil litros; um elevado com caixa de 5 mil litros; um banheiro completo; uma pia de cozinha e um filtro de barro.

Fonte: Agência Santarém.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.